3 de jun de 2011

Capitu na Casa Civil


Capitolina (Capitu, como é conhecida), é uma personagem do livro Dom Casmurro, de Machado de Assis, publicado em 1899. A República completava dez anos.
Capitu penetrou no imaginário coletivo como tipo feminino, justificando estudos psicológicos e literários. Segundo Maria Lucia Silveira Rangel, Capitu é a personagem "mais discutida, a mais famosa”, e seria repetição falar sobre a grande dúvida em que o escritor deixa o leitor sobre o adultério da esposa de Bentinho.

Capitu, conhecida por seus olhos de ressaca e Bentinho com sua insegurança em relação à ninfa (como a chama no primeiro beijo do casal), nos faz lembrar dos nossos próprios medos e receios. E o fim do livro nos deixa uma dúvida: afinal ela traiu ou não Casmurro?

Creio que o Ministro Palocci é a nossa Capitu. Talvez jamais seja revelado o seu “modus operandi”, mas nem precisa, somos macacos velhos e cansados e sabemos de toda essa maracutaia de assessoria, lavagem de dinheiro, fonte de financiamento e tráfico de influências. Estou curioso para saber quem são as fontes pagadoras. Serão os mesmos doadores da sua campanha para deputado federal?

Para o bem do governo, do PT e da política brasileira, o excelentíssimo ministro deveria renunciar.

Afinal queremos ou não uma Capitu na Casa Civil?

Renuncia Palocci, já!

Um comentário:

Leonardo Felter disse...

Desculpe amigo petista, mas muita coisa ainda está por vir, tem muita poeira debaixo do tapete proveniente do governo Lula. Quem viver verá!