27 de nov de 2007

A Batalha dos Aflitos


DOIS ANOS DA BATALHA DOS AFLITOS

Uma façanha do imortal tricolor!

Nesta segunda-feira, dia 26/11, o Grêmio comemorou dois anos da inesquecível "Batalha dos Aflitos".
A dramática vitória contra o Náutico em 2005 que trouxe o Grêmio de volta à elite do futebol brasileiro no ano seguinte. Uma das maiores passagens da história do futebol brasileiro que é lembrada até hoje e será lembrada para sempre como sinônimo de superação, entrega e imortalidade. Só quem viveu de perto aquele 26 de novembro de 2005 pode dimensionar a importância da façanha obtida pelo Grêmio principalmente da forma como ela ocorreu.

Não há na história do futebol mundial o registro de uma reviravolta de um quadro negativo tão dramática como foi aquele Náutico e Grêmio. Não há gremista no mundo que não tenha chegado às lágrimas acompanhando o desfecho daquele jogo recheado de dramaticidade com um certo toque de crueldade até. Uma partida que colocou em prova a resistência emocional de uma torcida acostumada com as vitórias heróicas, mas que vinha de um período de amargura e humilhação. Uma partida que, acima de tudo, colocou em prova a fé de uma Nação. Uma Nação que, independente do credo ou religião, procurou na sua fé a força para empurrar o Grêmio de volta ao caminho das vitórias. Naquela tarde estava com meu filho Marcos no Bar do Graxaim, na Vila Ideal, em Canoas, um reduto de gremistas de fé. Quando tudo parecia perdido, Galatto defende o pênalti e logo em seguida o Grêmio faz 1 x 0, era final de jogo, 35 mil torcedores calados, incrédulos. Fomos à loucura! Portanto, comemore torcedor! Este dia está marcado para sempre na história do Grêmio e do futebol, e você também é responsável por isso. Parabéns Nação Tricolor!


Nenhum comentário: