26 de fev de 2008

Expressa - a nova antologia da poesia quaraiense

Recebi do meu amigo e camarada Pedro Roberto Bueno Pinto (reside atualmente em Canoas-RS), um exemplar da primeira edição da nova antologia da poesia quaraiense, organizada por Galdino Barreto.
Deixo de lambuja uma poesia do Pedro Bueno que também é grande declamador:

DEVORADORES DE LIXO

Deus, dai-me força,
Para que eu possa ver,
Bem lá no fundo de cada ser,
Que não são seres
Por nunca ser.
Que não se cansam de rastejar,
Que já sem dentes pra mastigar
O que sobrou de outro manjar,
Comida boa pra se juntar,
Pois talvez seja
Até caviar,
Que está misturado nesse mingau
Que agora é
O meu jantar

Nenhum comentário: