1 de fev de 2008

Matilde Ribeiro deixa a Secretaria da Igualdade Racial

A ministra Matilde Ribeiro anunciou nesta sexta-feira (1º) a saída da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial após ser acusada de uso irregular do cartão corporativo do governo.

O desligamento foi comunicado reunião entre Matilde e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no Palácio do Planalto.

“Diante dos fatos, solicito meu desligamento”, afirmou. “Assumo o erro administrativo no uso do cartão. Os fatos partiram da dificuldade com deslocamento e hospedagem fora de Brasília. Foi um erro administrativo que pode e deve ser corrigido”.

Matilde disse que foi mal orientada por dois funcionários da secretaria. “Não estou arrependida. Fui orientada a usar o cartão", disse ela, afirmando que esses funcionários foram demitidos.

Matilde destacou que o uso freqüente do cartão se deve ao falta de sua pasta ter uma estrutura enxuta, o que também acontece com as demais secretarias especiais do governo, e lembrou o trabalho de uma agente política, as vezes, continua no almoço ou no jantar.

Nota:

Acredito na sinceridade de ex-ministra e como participo de movimentos sociais, sei muito bem das dificuldades existentes para deslocamento, alojamento e outras despesas inerentes. Muitas vezes as despesas são bancadas pelos próprios militantes. Os fatos servem de alerta para que os erros sejam corrigidos e os cartões usados com bom senso e dentro da norma e que esta seja clara, detalhada e divulgada amplamente.

Gerson Vieira

Nenhum comentário: