12 de mar de 2008

Figuras ilustres do RS: Luiz Menezes


LUIZ MENEZES


Poeta, compositor, músico, cantor e radialista. Nasceu em Quaraí - RS, em 20 de maio 1922. Filho de Franklin Menezes e Carlota Carvalho de Menezes, viveu grande parte de sua vida em Porto Alegre - RS, onde se consagrou como radialista e apresentador trabalhando nas rádios Gaúcha, Farroupilha e Difusora e nos programas de televisão das emissoras Piratini e Bandeirantes. Tornou-se um ídolo popular ao apresentar o programa "O Grande Rodeio Coringa", na rádio Farroupilha, ao lado do declamador e amigo Darci Fagundes.

A poesia de Luiz Menezes tem muito de sua linhagem humanística que permite ao leitor viver suas histórias e encontrar seus personagens em todos os caminhos do cotidiano. Sua produção poética: "TROPA AMARGA", 1968 - "ALÉM DO HORIZONTE", 1986 - "CHÃO BATIDO" 1995 - "50 ANOS DA POESIA"-Antologia poética, 2005. É, também, uma análise sociológica do homem riograndense no seu habitat preferido. Nas obras desse poeta, o gaúcho está presente com suas lendas e crendices, com sua bravura e hospitalidade, sobretudo com seus sentimentos e emoções que o escritor emoldura com imagens bonitas dentro de um vocabulário próprio que identifica e diferencia esse habitante do Rio Grande do Sul.

Luiz Menezes foi um romântico enamorado pelo mundo, escrevia com propriedade em forma de versos as coisas do cotidiano que tocavam seu coração. Cantou ternura, enalteceu e reverenciou a mulher, sublimou o amor e a saudade em seus versos, através de uma poesia telúrica que o singularizou como poeta ancorado nos valores essenciais de sua querência, conservando a essência da autenticidade do palco ambiente, onde suas histórias aconteciam.

Luiz Menezes é, sem favor, um dos mais premiados e festejados artistas de nossa terra que inclusive foi agraciado pelo governo do estado do Rio Grande do Sul com a comenda "Negrinho do Pastoreio". Carinhosamente chamado de POETA MAIOR, recebeu a homenagem do povo de sua terra tendo um de seus belos versos colocado no pedestal do Pavilhão Nacional do Portal que demarca Quaraí como uma cidade fronteiriça.

Esse ícone da cultura riograndense que escreveu com amor para sua terra natal: "Todos os caminhos são atalhos para Quaraí. No dia 12 de Outubro 2005, fez o seu último atalho trilhando o caminho para além do horizonte, deixando saudades aos leitores que sentem sua partida sem sentir sua ausência, porque Luiz Menezes estará sempre presente na música, na poesia e em nossa última lembrança.

ATALHOS

Boleio a perna de distantes plagas
Por onde andei desde que fui daqui,
Cantei amor em luas diferentes ...
Volto mais velho, velho Quaraí.

Trago emanado em minha garupa
Troféus e penas - palmas que colhi
Buscando a paz em noites de silêncio,
Volto rondando os céus do Quaraí.

Quero de novo rever velhas ruas
Onde entre versos e violões cresci,
Piazinho magro que tinha seu mundo
No céu profundo do seu Quaraí.

E vim disposto a conversar contigo
Contar-te estórias que longe aprendi,
Puxar a viola e derramar saudade ...
Sou teu cantor, meu velho Quaraí.

Dizer que fico, isso não garanto ...
Sou estradeiro como um guarani.
Seduz-me o longe, o desconhecido
Sou tapejara, velho Quaraí.

Porém se a sorte me tocar de volta
Para as estradas por onde vivi,
Fica a certeza: todos os meus caminhos
Serão atalhos para o Quaraí...

-----------
Fontes: Expressa - A Nova Antologia da Poesia Quaraiense, org. Galdino Barreto, 2006
Foto: Associação Cultural Sesmaria, set/1998.

Nota: Para quem não sabe, Quaraí fica na fronteira oeste do RS, possui uma população de 24 mil habitantes, faz divisa com a cidade de Artigas no Uruguai e fica distante 590 km de Porto Alegre, a capital dos gaúchos.
Agradeço a observação do amigo Ovídio Fagundes, corrigindo um erro de digitação.


6 comentários:

Anônimo disse...

Tropa Amarga é de 1968.

Anônimo disse...

Meu irmão que mora no Rio de Janeiro gosta muito da musica e versos de Luiz Menezes. Gostaria que me dessem uma informação como posso conseguir. Existe algum cd a venda?
Obrigado

Nicole Menezes disse...

oi
Meu nome é Nicole Menezes Pedroso!
Sou bisneta do Luiz Menezes, sou neta de um dos filhos dele o Tomaz Antonio Pedroso Menezes!
Fiquei muito feliz em ver esse site falando sobre ele!
Ficamos muito abalados com a sua morte!
Mas sabemos que ele está num lugar melhor e deixou para nós a sua história e talento!
Eu também segui a carreira de cantora e compositora!
Quero dar continuidade ao nome dos Menezes!
Te agradeço por colocar tudo isso aqui!
Obrigado pela atenção!

Anônimo disse...

Oi
moro em quarai e estou tendo um trabalho sobre ele!estou na setima série

Anne disse...

Boa noite!
Sou ex-quaraiense e acho lindas as poesias do Luiz Menezes.
Deio aqui o linck de meu blog, onde também escrevi uma poesia ao Quaraí grande.

http://aneliseespindolaescritora.arteblog.com.br/89027/QUARAI/

Hilton Araldi disse...

Ouça Luiz Menezes no you tube
última lembrança - LUIZ MENEZES- - -

http://www.youtube.com/watch?v=H5WudsJ57V0&NR=1

http://www.youtube.com/watch?v=zX6MmTPygRQ&feature=related


Piazito Carreteiro
http://www.youtube.com/watch?v=k_3GwOtxiTA

Milonga do Contrabando
http://www.youtube.com/watch?v=hVYt49_H-ns&feature=related

A Morte de Pedro Ninguem
http://www.youtube.com/watch?v=0K6XIcYKOIY&feature=related