30 de ago de 2008

Bloqueado os bens do prefeito de Canoas - RS

Sábado, 29 de Março de 2008


O juiz da Vara Federal Cível de Canoas, Guilherme Pinho Machado, determinou hoje (25/03) o seqüestro das contas bancárias, veículos e imóveis do prefeito municipal de Canoas Marcos Ronchetti (PSDB), dos secretários Marcos Zandonai e Francisco Fraga e dos proprietários das empresas SP Alimentos e Gourmaitre. A decisão atendeu um pedido apresentado pelo Ministério Público Federal em ação de improbidade administrativa que discute a legalidade do contrato firmado entre a prefeitura e a empresa SP para a distribuição de merenda escolar. As provas apontam um prejuízo de aproximadamente 5 milhões aos cofres do município. Conforme ação civil pública movida pelo procurador Adriano Raldi, o representante da empresa SP, Carlos Roberto Medina, "confessou ter pago propina (R$ 1 milhão) diretamente ao prefeito Marcos Rochetti". Medina foi flagrado pela RBSTV, em setembro do ano passado, oferecendo suborno ao assessor de outra prefeitura da grande Porto Alegre. A reportagem auxilou as investigações do MPF.

Fonte: Site da Justiça Federal

Nenhum comentário: