22 de mai de 2008

PARABÉNS AO FLUMINENSE E AO RENATO GAÚCHO!!!!


PARABÉNS AMIGOS TRICOLORES CARIOCAS!!!!

Assisti o jogo e lembrei do Renato Gaúcho, então jogador do Grêmio, na linha de fundo, levantando a bola para a área (de costas), César de cabeça no cantinho - GRÊMIO CAMPEÃO DA LIBERTADORES!
Amigos tricolores cariocas levem fé no Renato, ele pode levar vocês a terem a mesma emoção que senti no Olímpico Monumental!
Abraços
Gerson Tricolor Gaúcho


Hino do Fluminense
Lamartine Babo

Sou tricolor de coração
Sou do clube tantas vezes campeão
Fascina pela sua disciplina
O Fluminense me domina
Eu tenho amor ao tricolor

Salve o querido pavilhão
Das três cores que traduzem tradição
A paz, a esperança e o vigor
Unido e forte pelo esporte
Eu sou é tricolor

Vence o Fluminense
Com o verde da esperança pois
Quem espera sempre alcança
Clube que orgulha o Brasil
Retumbante de glórias
E vitórias mil

Sou tricolor de coração
Sou do clube tantas vezes campeão
Fascina pela sua disciplina
O Fluminense me domina
Eu tenho amor ao tricolor

Salve o querido pavilhão
Das três cores que traduzem tradição
A paz, a esperança e o vigor
Unido e forte pelo esporte
Eu sou é tricolor

Vence o Fluminense
Com sangue de encarnado
Com amor e com vigor
Faz a torcida querida
Vibrar com a emoção
Do tricampeão

Vence o Fluminense
Usando a fidalguia
Branco é paz e harmonia
Brilha com o sol da manhã
Qual luz de um refletor
Salve o Tricolor

Um comentário:

Beto Carioca disse...

Gérson, você que tem acesso ao Fluminense, pede para o próximo técnico não colocar mais o Fabinho e nem o Ygor, eles não jogam nada nem pelada no Aterro. Para ser jogador tem que saber jogar primeiro com a cabeça e isso eles não sabem fazer. Infelizmente não consegui falar isso com o Renato, tentei entrar em contato com o Fluminense mas nunca responderam. Com certeza se o Ygor não tivesse jogado a Final da Libertadores não teríamos perdido. Temos cabeça de área muito melhores como Maurício e Romeu. Mandem embora logo o Fabinho e o Ygor.
Ps. Gérson conheci você em 1990 na Itália durante a Copa.
Um abraço.